Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘alimentação saudável’

Nesta altura do ano todas as casas portuguesas preparam o famoso bacalhau de Natal. Além de ser um alimento que faz parte da nossa tradição gastronómica  é um alimento completo e, quando consumido moderadamente, contribui para uma alimentação saudável.

O bacalhau normalmente é consumido depois de salgado e seco. O processo de salga e secagem do bacalhau é totalmente natural, ou seja, sem adição de substâncias químicas. Desta forma, as suas propriedades nutricionais são conservadas. Além de fácil digestão, este peixe é um alimento rico em minerais, tais como  ferro, fósforo, magnésio e em vitaminas A, E, D, B1. Apresenta ainda uma baixa taxa de colesterol e gorduras.

É também uma boa fonte de ómega 3 e ómega 6, conhecidos por favorecerem o desenvolvimento do sistema imunológico e por contribuírem para a redução dos níveis de colesterol e triglicéridos.

O bacalhau também possui proteínas de alto valor biológico na sua composição e, como é um alimento seco, as proteínas estão presentes em grande quantidade.

Conselho da semana: incluir o bacalhau na mesa festiva desta época, não esquecer de beber bastante água e…Bom Natal!

Read Full Post »

O próximo está já marcado para o dia 13 de Outubro, pelas 21.30h.

 

O Agrupamento de Escolas Frei Bartolomeu dos Mártires tem o prazer de  convidar a Comunidade Educativa para uma sessão de sensibilização sobre “ Hábitos Alimentares Saudáveis” dinamizada pelo médico nutricionista Jorge Guimarães.

Esta iniciativa tem como objetivo alertar pais, encarregados de educação e  jovens em idade escolar para a importância da alimentação saudável e para a adoção de hábitos saudáveis no seu quotidiano.

Para além do convívio, do diálogo e da informação, teremos para si um café.

Read Full Post »

A alimentação nos adolescentes deve sustentar o crescimento, promover a saúde e ser agradável. Durante a adolescência, existem várias alterações de natureza fisiológica e hormonal que afectam as necessidades nutricionais, tal como um crescimento rápido e ganhos de massa muscular e óssea. Cerca de metade dos adolescentes não comem quantidades suficientes de fruta, legumes de cor verde, como brócolos, couve ou espinafres, ovos ou tomates, comprometendo assim gravemente a sua alimentação. A deficiência em ferro é uma das deficiências mais comuns, e os adolescentes são um dos grupos de maior risco – cerca de 13% dos adolescentes têm reservas de ferro baixas. O rápido crescimento, em complemento com um estilo de vida acelerado e escolhas alimentares pouco saudáveis podem resultar em deficiências de ferro ou anemias. Cerca de 25% dos adolescentes ingerem cálcio em quantidades inferiores às recomendadas, com implicações sérias no futuro, em particular na saúde óssea. A osteoporose é uma doença óssea que torna os ossos finos e quebradiços. Os ossos continuam a crescer a ganhar massa até aos 30 anos de idade – com o período da adolescência a ser o período mais importante em todo o processo. A vitamina D, cálcio e fósforo são vitais para que este desenvolvimento decorra dentro da normalidade. As doses diárias recomendadas de cálcio para adolescentes variam entre os 800mg a 1,000 mg por dia.

Conselho da semana: atenção à tua dieta alimentar!

Read Full Post »

Recebemos no correio electrónico do PES (pesfrei@gmail.com) este curioso Powerpoint sobre como e quando devemos comer fruta. Aqui o deixamos para que possas ver e aprender:

Frutas

Read Full Post »

Aqui estão alguns dos nossos momentos:

Read Full Post »