Feeds:
Artigos
Comentários

O Referencial de Educação para a Saúde, uma ferramenta pedagógica que pode ser utilizada no ensino de temas de saúde em todas as escolas do país e em diferentes níveis de ensino, promovida pelo Ministério da Educação, conta com a colaboração da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD).

“À semelhança de outros referenciais produzidos pela DGE no âmbito da educação para a cidadania, o presente documento pretende ser uma ferramenta educativa flexível, de adoção voluntária, passível de ser utilizada e adaptada em função das opções e das realidades de cada contexto educativo, desde a educação pré-escolar ao ensino secundário, nas suas diferentes modalidades. Para além das escolas, o referencial pode ainda ser útil a outras entidades e agentes educativos, de caráter formal ou não-formal, que pretendam desenvolver projetos de promoção de estilos de vida saudáveis com crianças e jovens, bem como a pais e encarregados de educação e a cuidadores. Em todas as fases de organização do trabalho o envolvimento das famílias e dos jovens é crucial.” (…)

Os objetivos, em cada um dos níveis e ciclos de educação e ensino, são os considerados adequados ao nível de desenvolvimento e ao escalão etário das crianças e dos jovens a que se destinam, podendo a sua utilização ser adaptada aos diferentes contextos escolares específicos. Em função das opções definidas no projeto de educação para a saúde da escola e do trabalho contínuo realizado com os alunos, em cada contexto, os professores poderão selecionar quais os conteúdos a abordar, bem como os momentos e métodos para o fazer. Para um mesmo objetivo, presente em todos ou em vários níveis e ciclos de educação e ensino, os descritores vão adquirindo uma complexidade crescente, adequada aos diferentes níveis etários e às competências já desenvolvidas pelos alunos, considerando que o subtema pode ser alvo de tratamento mais aprofundado nos níveis mais avançados.

Para saber mais, consulte:

referencial_educacao_saude_vf_junho2017

Dia dos Abraços

84026730_176485527089343_5877083224638750720_o

Um belíssimo cartaz sobre o Dia do Abraço. Parabéns aos alunos do 2°B.

O abraço é uma demonstração de carinho, afeto ou amizade que está presente em todas as culturas.

 

A Drª Paula Brites  ( do CRI) iniciou ontem, dia 13 de janeiro, a primeira sessão de várias  que ocorrerão, ao longo dos meses de janeiro e fevereiro, sobre ” Comportamentos aditivos e dependências” à turma G do 10ª Ano.

Os alunos participaram com muito interesse e atenção .

IMG_6998a

É Natal!

A equipa de Promoção e Educação para a Saúde do Agrupamento de Escolas de Santa Maria Maior deseja a toda a comunidade educativa e seus leitores do blog https://pesfrei.wordpress.com/ um Feliz Natal e que o Ano Novo seja brilhante de alegria, iluminado de amor, cheio de harmonia e completo de paz. Todo o Ano Novo é hora de renascer, de florescer, de viver de novo. Aproveite este ano que está a chegar para realizar todos os seus sonhos!

7891210560025

“Quem te ama não te agride”

No âmbito do Projeto PES, o GAF e a Escola Segura realizaram duas sessões de sensibilização contra a violência no namoro, no dia 27 de Novembro, Auditório Maior, dirigidas aos jovens da Escola Secundária de Santa Maria Maior.

thumbnail_IMG_20191202_152732

Antecipando o dia 1 de dezembro, no âmbito do Plano de Educação para a Saúde, foram dinamizadas, no dia 27 de novembro, sessões de esclarecimento em sala de aula pelo enfermeiro Humberto Domingues e a Drª Sofia Silva da UCC de Viana do Castelo. Estas sessões visam capacitar os alunos com informação credível que os leve a evitar comportamentos de risco.

 

A DECO JOVEM , representada pela Drª Sara,associou-se à nossa escola e , em parceria com o projeto PES, realizou duas sessões sobre “ABRE OS OLHOS, LÊ OS RÓTULOS“. A Drª Filipa Azevedo (nutricionista) contribuiu para um conhecimento mais profundo da literacia alimentar.

imagem41